E o Dente Ainda Doía


E O DENTE AINDA DOÍA – Ana Terra – Editora DCL

Por várias vezes li essa divertida história que além de ser uma leitura envolvente, nos desafia quanto a sua forma de contar. O enredo com repetições causa um grande interesse nas crianças, pois provoca uma vontade diferente de interagir. A história de um jacaré com dor de dente e a tentativa dos outros animais de ajudar parece ser apenas uma história de solidariedade, mas nos remete ao “fazer o bem, sem olhar a quem”.



1° momento – JOGO DA MEMÓRIA



Após a leitura do livro, montar um jogo da memória com os personagens e suas respectivas dicas de como melhorar a dor de dente do jacaré. O jogo da memória pode ser criado pelas próprias crianças utilizando papel cartão, canetinhas, lápis de cor e tesoura (sem ponta). Cortar o papel em quadradinhos do mesmo tamanho ( aqui usei a medida 7cm X 7cm ) e depois de feito os desenhos é só brincar memorizando e acertando os pares conforme a história do livro


Pares:


JACARÉ - DENTE


COELHOS - CENOURA


CORUJAS - GRAVETO


TATU - PEDREGULHO


PATO - CARINHO


RATINHOS - SABÃO


TOPEIRAS – RAIZ FORTE


SAPOS - MOSCAS


ESQUILO - NOZES


PASSARINHOS – PENAS

  • O jogo da memória contribui para o desenvolvimento da memória fotográfica, da atenção, da compreensão das regras pelas crianças e do raciocínio rápido.


2º momento – Recriando a história




Perguntar aos familiares e amigos e anotar as respostas de forma que tenha a mesma ideia do livro. Depois uni-las e realizar a leitura. Quanto mais familiares e amigos participarem dando suas dicas, mais divertido fica.


PERGUNTA: Se você fosse dar uma dica ou uma receita de como acabar coma dor de dente de um jacaré, qual seria?


Para unir as respostas inicie o texto com “DE TUDO TENTARAM, MAS NADA RESOLVIA...” e termine com “ E O DENTE AINDA DOÍA” ( olhar foto)

  • Essa atividade permite que a criança trabalhem sua imaginação e sua capacidade de recriar uma história. Além de possibilitar a participação e o envolvimento da família.


3° MOMENTO – Hora do lanchinho


Chegou a hora mais deliciosa, lanchinho! E para este momento vem um sorteio simples! De acordo com a quantidade de crianças escreva em pequenos papéis os nomes de alguns animais que aparecem na história, o jacaré é o único que precisa estar no sorteio, o restante você pode escolher. Cada criança tira seu papel e quem for o jacaré, precisa fazer um agradecimento aos seus amigos e convidá-los para um lanchinho!

  • Trabalhar na criança a gratidão e o reconhecimento pela ajuda que é recebida. Ser grato aos amigos. É possível levantar questões e tentar pensar os motivos que fizeram os animais ajudar o jacaré mesmo ele sendo “assustador”. Será que o jacaré tinha intenção de comer os outros animais? Ao tentar responder essas questões as crianças irão elaborar hipóteses e criar um desfecho para a história. Uma outra sugestão de trabalhar com este livro, é enfatizar a importância da escovação e higiene bucal.

  • Você encontra essas atividades na página do Ciranda Contada


Marcela Rios















 Posts recentes

© 2016 by Brincando e Contando

  • Black Twitter Icon
  • Black Facebook Icon
  • Black Instagram Icon