As formigas- ruivas / Monteiro Lobato


Sabemos que durante todo ano, todo mês e todo dia é dia de leitura. Mas que o mês de abril tem um gostinho a mais isso tem! Mês lindo que comemoramos o Dia Nacional do Livro Infantil, homenageando aquele que lançou um olhar diferenciado para nossas crianças, mostrou um mundo além do que os olhos conseguem enxergar e conseguiu marcar a infância brasileira com sonhos e muita alegria, Monteiro Lobato.

É indiscutível a importância das obras de Lobato para a literatura infantil e para a formação de leitores, que inspirou e inspira tantos autores. A Editora Globo, com seu selo infantil Globinho, traz a coleção Pirlimpimpim que apresenta as obras lobatianas aos pequenos dessa nova geração de leitores. A coleção traz histórias curtas que foram extraídas de suas grandes obras.


São dez livros que compõem a coleção e cada um com um ilustrador diferente, o que torna cada obra singular.Aqui vamos falar de um deles "As formigas-ruivas" ilustrado por Tatiana Paiva. Depois de um mergulho no rio que rendeu à Emília a pesca de um peixe que foi saboreado por Narizinho, ela vai parar no varal para secar pois está toda encharcada.


Emília, falante que só ela, diz que consegue entender a língua das formigas e deixa Narizinho muito curiosa. E não é que ela entende mesmo? Depois de um dia de muitas descobertas com Emília sobre a conversa das formigas, as duas resolvem entrar e lá dentro a conversa continua até tarde.


Até que no meio da noite Rabicó surpreende as duas com a visita de uma formiga que traz uma encomenda direto da formiga rainha para a Senhora Condessa, ou melhor, Emília.


Os croquetes que a formiga trouxe para Emília desaparecem, e adivinhem quem é o culpado? Isso mesmo, ele que come tudo o que vê pela frente, Rabicó. E conhecendo Emília como vocês conhecem, qual será a reação dela?


Uma diversão garantida com essa turma do Sítio do Picapau Amarelo!

As crianças vão amar essa aventura.

Contação de histórias

Por aqui com os pequenos a diversão foi a contação de histórias. Com uma bonequinha da Emília, pegadores de roupas, um pratinho descartável e personagens no palito de picolé garantiramos uma boa contação.



Dicas:

A dica é ler várias vezes o livro para deixar a imaginação acontecer e você viver a história sem medos.

Para as crianças maiores, conhecer o contexto histórico de Lobato é muito importante, pois a linguagem usada por ele remete muitas expressões de sua época.


 Posts recentes

© 2016 by Brincando e Contando

  • Black Twitter Icon
  • Black Facebook Icon
  • Black Instagram Icon