Quanto cabe?



O que cabe para o Dia do Leitor? Uma dica literária maravilhosa! Sabemos que são das pequenas coisas que vivemos o grande e delas extraimos o mais importante que precisamos para viver. Cada gesto, cada detalhe, cada momento que transforma a nossa vida em única e extraordinária. Assim nos faz pensar Bill Borges em seu livro 'Quanto Cabe?" da editora Edebe publicado em 2014. Pensar sobre si mesmo é também uma forma de pensar no outro, pois a partir do momento que reconhecemos em nós nossas singularidades e descobrimos o valor das coisas que realmente nos importa passamos a admirar o que para os outros tem valor. Fala sobre o tempo e suas possibilidades.

Será mesmo possível medir o tanto de amor que possa existir na simplicidade de entregar flores a quem se ama? E a felicidade de quem as recebe?

Será mesmo possível se magoar com seu filho que brinca e tenta encontrar um forma de não a chatear?

E aquele abraço demorado cheio de emoção de quem sentiu muita saudade de quem se ama? Como conseguir medir essa alegria?


É possível mensurar a dor da queda de alguém que deseja muito aprender?

O número de pessoas que são vítimas das diferenças da sociedade é incontável. Interessante a forma que o autor conduziu essa mensagem, sem colorir, com muito significado.

A felicidade de um casal com a chegada do primeiro filho é eterna...

Além de viajar nas cores e traços de Bill Borges que são inconfundíveis, sua leitura nos possibilita uma reflexão plena de todos os momentos vividos. E para o dia de hoje, quantos sonhos cabem nas pequenas coisas e no virar das páginas de um livro?

Quantos leitores e mundos cabem dentro de um livro?



 Posts recentes

© 2016 by Brincando e Contando

  • Black Twitter Icon
  • Black Facebook Icon
  • Black Instagram Icon