A Casa Caiu


Estamos passando por diversas modificações na sociedade, entre elas os de padrões de família que vão ganhando pouco a pouco um novo formato. O número de crianças que vivem com os pais separados só aumenta e diante disso é preciso pensar uma maneira de tornar essa situação o menos traumática possível, para que elas sintam-se amadas sempre e em qualquer situação. O livro "A Casa Caiu" de Cris Manfro e Vanina Cartaxo da Editora Sinopsys soube de uma forma muito delicada e realista abordar a separação com suas inquietações e transtornos, colocando a criança como a principal preocupação, pois é neste momento em que ela se depara com muitas dúvidas, ansiedades e medos.

Inicialmente tudo parece apenas um desentendimento de rotina, até que as coisas tomam outra dimensão e a única solução é a separação.

Muitas perguntas surgem, a culpa recai sobre si, o medo de não ser mais amado, a mistura de sentimentos e as obrigações que lhes são impostas, tudo isso torna a criança insegura e triste. Sendo a escrita também uma forma de expressão, o livro traz algumas questões que podem ser respondidas e dessa forma facilita o modo de compreender todas as dúvidas que giram em torno da separação dos pais.



É sem dúvida uma leitura para ser realizada também pelos adultos que em muitos casos preocupam-se tanto em resolver os seus problemas e esquecem de que precisam olhar para os filhos como alguém que está passando por mudanças e que precisa muito deles.

Posso afirmar que o livro é um aliado para elucidar todas as incertezas desse momento, e como a literatura nos leva a compreender o outro em sua natureza e condição, também posso indicar para quem não está vivendo nesse contexto para que esteja receptivo a compreender o outro também em suas aflições e para que desse modo seja uma pessoa que saiba respeitar e acima de tudo acolher.

 Posts recentes

© 2016 by Brincando e Contando

  • Black Twitter Icon
  • Black Facebook Icon
  • Black Instagram Icon