Reconto que Passa


Por que será que a Dona Baratinha está chorando? O que a moça disse, que o boi disse, que o capim disse, que o passarinho disse, que a árvore disse, que a janela disse?

Livro escrito por Salizete Freire Soares, ilustrado pelo super Maurício Negro e publicado pela editora Paulinas. O "Reconto que Passa" é uma narrativa cujo texto se baseia na tradição oral que é o grande preferido das crianças. Com a ótima vantagem de proporcionar a elas a oportunidade de reproduzir oralmente as histórias, os textos cumulativos ou lengalenga, como também são chamados, são aqueles em que acontecem a sucessão dos fatos através da repetição e do acréscimo de novos acontecimentos ou personagens, tornando a história atraente porque brinca com a memória e traz uma musicalidade à narrativa.

Tudo começa com o abre e fecha da janela. A árvore que do lado de fora tudo vê, fica curiosa com aquele movimento que se repete.

Dona Baratinha está chorando porque o Senhor Ratão caiu na panela de feijão.

Da árvore, vem o passarinho, do passarinho vem o galho fino. Até que o capim seco encontrou o boi e questiona sobre o que aconteceu.

- Você não sabe, não?

Quem contou que a Dona Baratinha estava chorando não imaginava onde a conversa poderia chegar e que essa mesma conversa poderia voltar revelando o segredo do motivo das lágrimas de Dona Baratinha.

O livro começa seu encanto desde a capa, com uma janelinha que já nos convida a brincar antes mesmo de realizar a leitura. As ilustrações expressam o mistério que existe na narrativa, e são paisagens que nos remetem a algo vivo, que sempre esteve presente em nossa história, assim como os contos de tradição oral. O desfecho abraça a infância do leitor adulto ou da criança leitora que juntos podem compartilhar a alegria dessa descoberta, dando a certeza de que o que foi contado e recontado, transmitido entre as gerações, encontra no passado e no presente. a força que precisa para estar sempre na recordação.

E você, sabe o motivo por qual Dona Baratinha, dentro de sua janelinha, chora?

Miguel simplesmente amou, e nos encontramos no final do livro. Em forma de brincadeira, em forma de rimas, em forma de música.

 Posts recentes

© 2016 by Brincando e Contando

  • Black Twitter Icon
  • Black Facebook Icon
  • Black Instagram Icon