O Bebezinho da Velhinha


Uma velhinha, um cachorro de três patas e um bebezinho que ninguém nunca viu. Será uma fantasia dessa senhora já de tanta idade? "O Bebezinho da Velhinha" é um livro de Silvana Menezes publicado pela Editora Cortez e pode ser um livro de mistério, um livro sobre amor ou até mesmo ser uma história com o sonhado final "viveram felizes para sempre".

Se você acredita que o amor vence qualquer barreira que o tempo possa oferecer ou que respeito e cumplicidade devam existir em toda circunstância, pegue seu lencinho e vem conhecer a história de Dona Serafina que com noventa anos tinha um nenê.

Com passos lentos, Dona Serafina andava pra lá e pra cá todos os dias. Acompanhada por seu cachorrinho Mel, ia à quitanda e varria as folhas mortas do chão, sempre recebendo o cumprimento de quem passava por ela.

Ia à farmácia comprar fraldas para seu bebezinho e um inalador para tosse. Também ia sempre ao supermercado comprar o leite e as toucas de lã.

O tempo passava mas o bebezinho de Dona Serafina nunca crescia e o mistério continuava.

Todos estranhavam, mas ninguém fazia nada pois poderia ser um delírio daquela senhora que estava sempre tão alegre a cuidar de um nenê.

Um dia ela não apareceu, não foi à quitanda, não foi ao supermercado e nem na farmácia comprar as fraldas. Onde estava Dona Serafina?

Foi então que todos, preocupados, resolveram ir à casa da senhora. O que será que houve? E o seu nenê, será que era realidade ou era apenas como um amigo imaginário?


O livro já começa trazendo imagens de várias bonecas que me fizeram voltar ao tempo e relembrar algumas delas que já tive em minha infância. Uma delícia olhar para cada uma delas.

As ilustrações em preto e branco a princípio podem dar um ar de suspense, mas conforme o leitor avança no enredo elas parecem se transformar em lembranças de uma pessoa que se tornou um grande exemplo. O amor está presente desde o início da narrativa. No amor e no cuidado da senhora com seu nenê, na amizade e respeito dos vizinhos por ela e no carinho por seu cachorrinho que possue apenas três patinhas.

Impossível não se emocionar com essa história encantadora que chega trazendo surpresas e reafirma o poder do amor.

 Posts recentes

© 2016 by Brincando e Contando

  • Black Twitter Icon
  • Black Facebook Icon
  • Black Instagram Icon