O Pintinho Ruivo de Raiva


Fotografias são muito mais do que apenas registros. São voltas ao tempo, são lembranças vivas, são memórias construídas e que sempre temos acesso. Ao pegar o álbum de fotografias e reviver todas aquelas histórias, um misto de saudade e emoção toma conta de nós. E quando é uma mamãe cheia de saudades do filho, as histórias se tornam ainda mais especiais. "O Pintinho Ruivo de Raiva" escrito por Anderson Novello, com ilustrações de Bruna Assis Brasil e cuidadosamente publicado pela Editora Cortez traz a saudade de uma mamãe ao ver as fotos de seu filho que tem muitas histórias para contar.

Tudo começa com uma carta cheia de saudade para o filho Alonso e as recordações surgem através de fotografias. Alonso, um pintinho ruivo que franzia muito a testa e que muitas vezes amarrava a cara para algumas situações.

Ficava com raiva quando não segurava as bolas quando era goleiro e a turma zombava dele.

E quando a mamãe pedia o corte de cabelo com franjinha, tinha tanta raiva que só faltava ter um "siricutico".


Mas quando trocavam seu nome na escola , era grito para todo lado! O que lhe rendeu uma boa dor de garganta.


As lembranças da mamãe se misturam com as lembranças da personalidade forte de seu pintinho ruivo. E são tantas histórias, algumas engraçadas, sobre o tempo em que ficavam juntos que é impossível não se envolver com tantas recordações.

A infância é feita de muitos momentos e histórias engraçadas. Quando ela se vai ficam tantas coisas boas. O livro mostra a saudade de um tempo que não volta de ma maneira tão próxima de nós. Pela memória da mamãe, da saudade de um filho que agora é crescido e já não se encontra sob suas asas, mas seu cantinho sempre estará pronto se um dia quiser voltar. Porque para uma mãe o tempo não passa...

 Posts recentes

© 2016 by Brincando e Contando

  • Black Twitter Icon
  • Black Facebook Icon
  • Black Instagram Icon