O Abacateiro Bagunceiro


Encantada e fascinada. São essas as palavras que encontrei para traduzir a maravilha que foi prestigiar essa obra e ler ela com Miguel. O Abacateiro Bagunceiro é um livro escrito por Jonas Ribeiro, Ilustrado por Romont Willy e publicado pela Editora Callis.

O abacateiro Teté nasceu em uma fazenda e acompanhou o crescimento do menino Mundinho. O menino sentava em suas raízes, cantava, pulava e sorria. Era feliz e alegre.

Hoje, de bigode e cabelos brancos, ele exibe uma cara amarrada. Teté ainda é aquele abacateiro traquino e esperto e junto com sua amiga Magna Rosa, a mangueira, ele vai aprontar muito. E Mundinho? Quer dizer, o senhor Raimundo da cara zangada, o que vai fazer?



Uma obra extremamente completa aos meus olhos e imensamente essencial quando se trata de literatura infantil. Existência de uma vida real com arranjos do mágico e do fantasioso se misturam em uma harmonia perfeita. O que existe na infância sendo contemplado pelo olhar de uma árvore é o que tem de mais sublime. Um abacateiro que integrou a beleza da infância em sua existência muito mais do que aquele que um dia lhe mostrou toda a alegria dessa fase. Mas isso não quer dizer que ela não exista mais.

 Posts recentes

© 2016 by Brincando e Contando

  • Black Twitter Icon
  • Black Facebook Icon
  • Black Instagram Icon