Título 2

Até quando preciso ler com meus filhos para que eles sejam sempre leitores?

 O gosto pela leitura começa a partir do momento em que a família demonstra esse carinho, lendo junto, lendo para elas e lendo com elas.A espera por aquele momento que promove sonhos antes do sono ou por aquele estado de recomposição depois de um dia cansativo e cheio de informações é sempre muito aguardado e se torna parte fundamental de um trilhar no caminho encantado da leitura e na construção de uma memória essencial para a infância.Mas quando as crianças estão crescendo e outras possibilidades e escolhas vão surgindo a leitura se torna  um desafio. Então vem à mente a pergunta " Com tantas informações prontas e rápidas eles ainda irão gostar de ler?" A resposta é sim.Porém como tantas transformações que acontecem com os meios de comunicação é preciso acompanhar também as escolhas de seus filhos. O que eles querem ler, seus gêneros preferidos respeitar seus momentos e horários de leitura e por quê não partilhar também de suas preferências? Ler também o que eles gostam para  trocarem ideias e aproximar o diálogo, trocar impressões e se permitir ser descobridor como se os papéis tivessem se invertido. Lembrar que quando as crianças aprendem a ler não significa que não precisam mais de sua companhia e do momento junto na leitura. Isso não deve acabar somente porque agora decifram códigos da escrita. A leitura não é um ato solitário mas sempre um momento de troca. Seja entre autor e leitor ou entre leitores. Então,  uma vez degustado o prazer de ler e compartilhado esse gosto é plantada uma semente que com amor ela crescerá forte e firme. Não esqueça,  a palavra ensina, mas o exemplo move.

Incentivando pequenos leitores

   As crianças desde cedo podem e devem ter contato com os livros. O toque, as cores, as imagens, o virar e o desvirar do livro e o passar das páginas fazem despertar nas crianças a curiosidade necessária para começar a desenvolver o hábito da leitura. Quando pequenas, as crianças necessitam de ajuda para explorar este recurso tão lindo e cheio de informações. Por este motivo é importante a busca por livros mais resistentes para não passar pelo temido "rasga páginas" e deixar que elas os manuseiem livremente. Livros para banhos, sonoros ou aqueles que vem com fantoches são os mais recomendados para crianças menores. Vale sentar um pouco com elas e fazer aquela leitura de imagem, explorando cada detalhe das ilustrações. Fazer um reconto ou improvisar a história também é muito importante, pois além de compartilhar o momento juntos, auxiliando na memória afetiva, você estará promovendo não somente o gosto pela leitura mas estimulando seu desenvolvimento por completo. Uma vez que, a leitura colabora para o desenvolvimento linguístico e visual da criança, da atenção, da reflexão, cultiva a sensibilidade, aguça a imaginação e a criatividade. Em pouco tempo a criança conseguirá identificar nas imagens aquela que para ela pareça tão familiar e estará também expressando oralmente sua própria forma de ler e contar a história. Livros com imagens atraentes com textos curtos e acumulativos funcionam muito bem. Por meio desse tipo de texto, as crianças conseguem estruturar a narrativa, tornando a leitura mais interessante e as histórias são percebidas e conservadas mais facilmente. Então, liberte-se daquele pensamento que só deve comprar livros para os filhos quando eles "entenderem" pois quem tem que compreender o mundo da criança somos nós, os grandinhos.

                                                                                                                                               Marcela Rios

Um tempo para a leitura

Devido à rotina estar cada vez mais corrida e consequentemente mais cansativa, o momento de leitura com os filhos fica cada vez mais comprometido. Na maioria das vezes, a leitura fica para a hora de dormir, isso se o cansaço ou o sono não chegarem antes do final da história. O tempo em que dedicamos para o uso da tecnologia também pode ser um motivo para deixar a leitura para depois. E esse depois demora tanto a chegar. Mas acredito que a maior razão para muitos adultos não lerem para suas crianças é o fato de que não tiveram uma rotina de leitura ou um incentivo quando pequenos, o que pode formar um tipo de “barreira” para se envolver no mundo delicioso dos livros. Mas isso pode e deve ser diferente!

  • Se para você a leitura antes de dormir fica complicada por causa do cansaço ou do sono, o ideal é procurar outro horário. Se seu filho ou sua filha ainda está tomando o leitinho pela manhã quando acorda, aproveite este momento para pegar um livrinho, mostrar as ilustrações e contar a história. Criar essa rotina pode ajudar seu filho (a) a interessar-se pelos livros em outros horários. Vale a pena tentar!

  • Para os papais e mamães que saem muito cedo e chegam tarde (ufa!) o domingão promete! Dá para descansar e também dedicar uns minutinhos para sentarem juntos e escolher uma história. Será tão prazeroso e importante para o desenvolvimento de seu filho (a) e para sua construção de memórias que estarão torcendo para o domingo chegar e muitas histórias contar.

  • Celular, internet e redes sociais. Quantas novidades surgem a todo momento! E isso é muito bom, nos deixa por dentro de tudo e descobrimos cada vez mais novos meios de nos comunicarmos com o mundo. Mas cuidado, não esqueça que você tem uma família linda ao seu lado. Então, coloque para si uma meta. Dedique um tempo para vocês durante o dia e arrisque-se a conectar-se no mundo dos livros. Quando começar a criar esse hábito vai perceber que esse tempo não só é prazeroso como também essencial.

  • Aqui vou abordar não da falta de tempo, mas de um tempo que parece não ser muito apreciado. Muitos papais e mamães não tiveram muitos momentos de leitura ou incentivo na infância, por isso muitas vezes não sabem como se envolver quando estão com o livrinho nas mãos. E envolver-se e entregar-se à história é importante, pois desperta na criança o interesse e a curiosidade. Então, que tal procurar na sua cidade eventos como piquenique literário, contação de histórias ou feiras de livros? Grandinhos e pequenos vão ouvir juntos, ler juntos e aprender muito um com o outro. Afinal, quantas coisas lindas as crianças tem para nos ensinar. Descubram esse tempo juntos e em pouco tempo se tornarão grandes parceiros de leitura.

 

Então, vamos tentar?                                                                                     Marcela Rios

Por que adultos também devem ler livros infantis? Eliana Yunes

© 2016 by Brincando e Contando

  • Black Twitter Icon
  • Black Facebook Icon
  • Black Instagram Icon