Quem Mandou amar Passarinho?


Quem mandou amar passarinho?

Texto de Marilia Diaz, ilustrações de Suzana Mehl publicado pela Editora Inverso


Logo que este livro chegou fomos tomados por sua beleza e pelo encanto de suas ilustrações ( que perfeição!).Foi assim, como a gatinha desse livro, que se entrega de corpo e alma aos amores que por ela passa.


Uma gatinha que curiosamente tem um nome de passarinho, Andorinha, está em busca de uma grande história de amor para viver. E por sua vida passam amores difíceis (um cachorro grande e fortão), amores que não perfumaram sua vida (um gambá), amores que parecem ser perfeitos, mas que não podem compartilhar os mesmos gostos (uma gatinha vegetariana e um gatinho comedor de ratos), amores não tão fiéis (um gatinho cantor todo charmoso), um amor que vivia preso (sim, ela se apaixonou por um leão em sua jaula) e por fim um amor impossível. Se apaixonou por um passarinho que também se chamava Andorinha. Foi um amor às mil maravilhas! Gostavam das mesmas coisas e compartilhavam as mesmas emoções.Mas o outono chegou e tudo mudou. E agora, como será o fim dessa história?


Uau! Li e reli esse livro tantas vezes. Algumas vezes tentando achar algumas respostas, outras porque o livro me inquietou e senti a necessidade de voltar. A mágica da literatura é essa! Não traz respostas prontas mas põe em jogo nossas ideias podendo reafirmar ou não nossas certezas e incertezas.E assim nos encontramos. Apesar de ser um livro para a infância, achei alguns temas complexos nele.Compreender as relações de amor, o amor que diz amar e mal trata, a infidelidade e a necessidade de depositar sua felicidade no outro. Em contrapartida o livro dá abertura para um diálogo sobre uma série de questões importantes. Amor próprio, liberdade, escolhas, superação.


Vai lá no site da @inverso e adquira o seu


www.editorainverso.com.br







 Posts recentes

© 2016 by Brincando e Contando

  • Black Twitter Icon
  • Black Facebook Icon
  • Black Instagram Icon